Novo conceito de animação turística ganha espaço no Brasil

Por: Joney Santanna | Data: 07/03/2018 08:36:00

Joney Santanna é gerente de Lazer do Resort localizado na Bahia. (Foto: Divulgação)

 

O novo conceito da Animação Turística vem crescendo junto com a hotelaria de luxo, com a responsabilidade de desenvolver habilidades que transformam valores para aqueles que aproveitam a hospedagem. Seu objetivo fundamental é oferecer lazer e relaxamento agradável para os clientes que precisam ocupar seu tempo, de modo que os responsáveis pela realização desta atividade devem possuir qualidades que, além de divertir, alcancem novas formas de socialização do cliente.

Não há dúvida de que o hotel é enriquecido pelos serviços prestados pelas equipes de animação. Muitas pessoas desconhecem o trabalho de um animador, mesmo em certos casos, os próprios clientes hospedados e profissionais de outros departamentos, que não estão cientes da razão de ser de uma equipe de animação. Eles acreditam que são meros monitores de atividades, e de fato essa é uma das suas funções, mas NÃO é a única.

O trabalho do animador propriamente dito não só se concentra no desempenho de atividades esportivas durante o dia com jogos, shows e festas durante a noite. A missão de uma equipe de animação vem em crescimento como departamento de analisar, interpretar e responder os motivos pelos quais o cliente decide passar suas férias no complexo escolhido.

Uma gestão bem planejada e uma equipe disposta a trabalhar podem alcançar muitos resultados.

Uma equipe de animação bem-aconselhada gera valores como:

  • Promove a participação: não importa a idade, o status social ou a nacionalidade do cliente. Um programa bem projetado e gerenciado por uma boa equipe de animação faz com que o cliente se sinta confortável, participando e encorajando outros clientes a participar também.
  • Estabelece laços emocionais: por meio da participação, o cliente interage com os animadores e cria links que trazem proximidade e quebram a barreira impessoal. O animador acaba se tornando um "amigo" com quem compartilhar até a sua vida pessoal.
  • Permite novas experiências: se o objetivo é inovar, não hesita em incentivar a criatividade e a colaboração entre departamentos para implementar novas experiências de lazer. A equipe de animação torna-se então um bom facilitador dessas experiências.
  • O cliente se sente ouvido: o cliente costuma compartilhar com o animador tudo o que pode ser certo ou errado no hotel. O animador torna-se uma importante fonte de informação para a gerência, sendo um gerente informal das queixas. A partir de sua posição de "amigo", tudo fica mais confortável. Os olhos do coração são mais suaves.
  • Gera conteúdo positivo em redes sociais: devido à sua situação dentro do hotel.
  • Reforça a imagem da marca: a equipe de animação é um elemento interessante de suporte para o departamento de marketing e vendas. Toda a imagem relacionada ao lazer e animação pode ser usada para aprimorar a marca.
  • Lealdade: Com a chegada das redes sociais, tudo isso é melhorado porque a possibilidade de "falar" com o cliente é muito maior. Embora pareça óbvio, a equipe de animação deve criar uma atmosfera divertida no estabelecimento que já é um valor em si.

O esperado de uma programação de lazer realizado por uma equipe não é o resultado quantitativo, mas sim o resultado qualitativo para quem realiza as atividades.  No caso, os hóspedes.

Portanto, mais importante do que a própria programação, é o resultado que será gerado por meio dela.

 

• Joney Santanna é gerente de lazer do Grand Palladium Imbassaí.

 

Deixe seu comentário

Comentários