Ecoturismo no Vale Europeu em Santa Catarina atrai visitantes de todo o país

Por: Redação | Data: 19/09/2017 09:52:00

Crédito: Acervo da Pousada Campo do Zinco / Divulgação 

 

Cicloturismo e mais antigo circuito de caminhada projetado do Brasil estão entre as atrações que encantam quem passa pelo Estado

 

Gente de todo o Brasil vêm a Santa Catarina em busca do ecoturismo e do turismo de aventura. A natureza exuberante do Estado é um convite permanente para as mais diversas atividades ao ar livre. Experiência vivida pelo Coronel da Reserva da Polícia Militar do Estado do Mato Grosso, de 53 anos, Antônio Mário Ibanez Filho. “Passei sete dias aí. Fiquei encantado com atendimento e a paisagem que encontrei”, lembra

O Cicloturismo, com o Circuito de Cicloturismo do Vale Europeu, o primeiro intermunicipal do Brasil com 300 quilômetros de percurso e que atravessa nove municípios da região é destaque. Pode ser visitado e aproveitado por profissionais ou amadores, dependendo do trajeto. O analista de sistemas de 50 anos, Ronaldo Sampaio Antunes Maciel Filho, do Rio de Janeiro, aproveitou a viagem para pedalar e curtir o lugar com a família. “Passei três dias na região e a experiência foi tão maravilhosa que pretendo voltar outras vezes”, afirma.

O relevo, o clima e a vegetação diferenciada são atrativos para quem gosta fazer pedaladas com emoção. Os morros, vales, rios, cascatas e cachoeiras do Vale Europeu foram cenários que envolveram o empresário Marcio Moniz Chafino, de 45 anos, de São Paulo. “Ficamos impressionados com a infraestrutura, com as indicações e as belezas do local, com toda a receptividade, profissionalismo e simpatia que fomos recebidos”, frisa.

Os turistas encontram na região muitas outras atividades para agradar todos os gostos, como a prática de trekking, rapel, cascading, canyoning, voo livre e parapente. Conheça um pouco mais sobre as opções encontradas em Santa Catarina e bom passeio:  

 

- Circuito do Caminhante: o primeiro planejado e programado do Brasil. São mais de 200 quilômetros que passam por Indaial, Pomerode, Rio dos cedros, Benedito Novo, Doutor Pedrinho, Rodeio, Ascurra e Apiúna. Em comemoração aos 10 anos desse percurso, será realizada entre 22 e 24 de setembro, em Indaial (SC), a Feira de Ecoturismo e Turismo de Aventura do Vale Europeu. Na região também é possível praticar outras atividades como o pedal noturno, por exemplo. Veja toda a programação no site.

 

- Explore cânions, escale montanhas, desça cachoeiras e voe alto em Santa Catarina: tanto no Litoral quanto no interior existem excelentes trilhas para trekking e mountain biking. Elas adentram a Mata Atlântica e atravessam costões e morros à beira-mar, ou cortam vales e montanhas no interior do estado. Cachoeiras e cascatas estão em toda parte, para a alegria dos praticantes de rapel e cascading. A Serra catarinense também tem locais fabulosos para a prática do canyoning, que exige conhecimento de várias técnicas de escalada, rapel, tirolesa, entre outras. Há também boas opções para quem gosta de se aventurar em veículos off-road ou em circuitos de cicloturismo. E no céu também tem muita emoção no voo livre, paraquedismo e voos de planador.

 

- Surfe e outros esportes náuticos: com 560 quilômetros de extensão, o Litoral catarinense possui praias belíssimas, com características bem diferentes umas das outras. Algumas estão localizadas em balneários movimentados. Outras, quase desertas, são acessíveis somente por trilhas no meio da Mata Atlântica ou por barco. Para os praticantes de surfe, windsurfe, kitesurf, stand-up paddle e vela, o que não faltam são boas ondas e ótimos ventos em toda a costa, e também em paraísos como a Lagoa da Conceição, em Florianópolis, e a Lagoa de Ibiraquera, em Imbituba. Já para quem gosta de surfar sobre uma prancha de sandboard, a dica são as dunas da Joaquina, em Florianópolis, e também as localizadas em Garopaba e Jaguaruna.

 

- O melhor ponto de mergulho autônomo do Sul do Brasil: a Reserva Marinha Biológica do Arvoredo, próxima a Florianópolis e Bombinhas, é considerada o melhor local para a prática do mergulho autônomo no Sul do Brasil. Abrigo natural de várias espécies marinhas, a reserva tem atividade turística controlada pelas entidades ambientais, que regulam os pontos de mergulho e a quantidade máxima de visitantes. Somente as operadoras credenciadas estão autorizadas a fazer os passeios. Também há ótimas opções de mergulho autônomo e livre nas baías abrigadas e costões localizados em Bombinhas, Porto Belo e Florianópolis.

 

- Desça corredeiras emocionantes nos rios catarinenses: Santa Catarina possui alguns dos melhores pontos do Brasil para a prática do rafting. É o caso do Rio Itajaí-Açu e seus afluentes, no Vale do Itajaí. Operadoras credenciadas oferecem passeios com diferentes níveis de dificuldade. Emoção garantida também nos belos rios de Santo Amaro da Imperatriz, próximo a Florianópolis, e na Serra Catarinense. A canoagem também é uma boa alternativa em vários balneários, rios, lagoas e parques no interior do estado.

Deixe seu comentário

Comentários