Festival Brasileiro da Cerveja 2019 já começa a ser organizado

Por: Redação | Data: 06/06/2018 13:16:00

A missão da Capital Brasileira da Cerveja é unir todos os sabores e variedades do país e entende que o Festival Brasileiro da Cerveja é o momento ideal para mostrar essa diversidade ao mundo. Por isso, a edição de 2019 do maior evento cervejeiro da América Latina já começou a ser organizada. O layout dos estandes está pronto e os espaços começam a ser comercializados a partir da segunda quinzena deste mês. Promovido pela Secretaria Municipal de Turismo e Lazer (Sectur), pelo Parque Vila Germânica e pela Associação Blumenauense de Turismo, Eventos e Cultura (Ablutec), o Festival Brasileiro da Cerveja 2019 ocorrerá de 13 a 16 de março, no Parque Vila Germânica.

Serão 124 estandes para cervejarias, comercializados em três lotes. Segundo o presidente da Ablutec, Richard Steinhausen, o primeiro lote é reservado para expositores que participaram de sete ou mais edições do Festival; o segundo para expositores que participaram cinco ou seis vezes; e o terceiro para expositores que se fizeram presentes no evento por no mínimo quatro vezes. “Havendo espaços restantes, é aberto um quarto lote. Estamos trabalhando com uma divulgação comercial nacional para aumentar a cada ano a participação de representantes de todas as partes do Brasil, sempre visando garantir a verdadeira miscigenação do DNA da cultura cervejeira brasileira”, afirma Richard.

O secretário de Turismo e presidente do Parque Vila Germânica, Ricardo Stodieck, explica que em 2019 não há alteração no número nem no tamanho dos estandes. “O número de espaços para expositores apenas aumenta devido às adequações de projeto e otimização de espaço, tanto que da edição de 2017 para a de 2018 foram somente quatro estandes a mais. Em 2019, a planta será a mesma do ano anterior. O tamanho dos estandes também é o mesmo e cada cervejaria só pode adquirir um espaço. Comercializamos dessa forma para garantir tratamento igualitário para todos os expositores, não importando seu tamanho ou região de origem”.

O Brasil é o terceiro maior mercado cervejeiro do mundo e a cidade de Blumenau, enquanto Capital Brasileira da Cerveja, cumpre o seu papel de fomentar o interesse pela cerveja e pela cultura cervejeira, promovendo um evento com os ingressos mais democráticos do país. No sábado, dia com maior número de público, o valor da entrada representa apenas um terço do praticado por outros grandes eventos cervejeiros do Brasil. Na sexta-feira, esse índice cai para um quarto e nos dias de semana ele despenca para apenas um décimo. Conforme o diretor Administrativo Financeiro do Parque Vila Germânica, Guilherme Benno Guenther, “em 2018, na quarta e quinta-feira os ingressos custaram R$ 12. Na sexta-feira, R$ 30, e no sábado, R$ 36. Vamos manter esses valores em 2019”.

Guilherme diz também que em 2019 o festival resgatará a moeda em papel do evento, o Ninkasi. “Nas últimas horas do último dia do Festival Brasileiro da Cerveja de 2018, houve um problema com o sistema cashless. Foi um grande aprendizado para a organização, o que não nos desmotiva a continuar a utilizá-lo. Mas os expositores, com suas opiniões, nos auxiliam a construir este evento de sucesso, por isso atendemos às suas demandas e optamos pela volta do Ninkasi em papel”, afirma.

Deixe seu comentário

Comentários